Parece que a vovó tinha razão!

Cientistas da Universidade da Califórnia, nos EUA, provaram o que as avós há muito já sabem: que o mel, mais que adoçar, faz bem à saúde. Ele ajuda a reduzir no organismo os radicais livres, subprodutos do metabolismo aos quais se atribuem danos às artérias, câncer e outros males. Durante um mês, 25 adultos acrescentaram quatro colheres de mel à dieta diária. Exames de sangue mostraram uma elevação da taxa de antioxidantes, substâncias que combatem os radicais livres.

Fonte: REVISTA VEJA/ 07 DE ABRIL DE 2004/ PÁG. 102.

Estrada da Maracacuera Av. Sucupira s/n
CEP: 66815-140 / Icoaraci
Belém - Pará - Brasil